14 de Agosto de 2022

Notícias

Em São Julião, Câmara autoriza pagamento dos precatórios do FUNDEF

Durante sessão realizada nesta sexta-feira (24) na Câmara Municipal de São Julião, foi aprovado pelos parlamentares o pagamento dos precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) para cerca de 114 professores da rede de ensino.

O montante total dos precatórios pode chegar em até R$ 1.438.908,06 (um milhão quatrocentos e trinta e oito mil novecentos e oito reais e seis centavos . Serão beneficiados os professores com carga horária de 20 e 40 horas e que atuaram entre 1998 a 2006.

Professores e o público em geral comparecem à sessão que autoriza pagamentos dos precatórios

Estiveram presentes o prefeito Dr. Samuel; o vice Dr. Leonardo; o presidente da Câmara, vereador Júnior Rocha; os professores interessados e os vereadores: Acelino da Regina, Gracieuda Lopes, João Neto, Tico dos Pipas, Guaraná, Edisaldo Rocha, Né Rocha e Renaldo Ramos.

O prefeito Dr. Samuel esteve presente no plenário e durante sua fala destacou que a prefeitura é do povo e que por isso possibilitar que seja pago um benefício a quem tem direito a recebê-lo é uma questão de justiça.

“Esse dinheiro que será pago para quem tem direto a receber, nada mais justo. Fico imensamente feliz por conta disso. Durante o percurso houve mudanças e variações, mas graças a Deus chegou até o momento que vai ser pago”.

O presidente da Câmara, vereador Júnior Rocha que conduziu a sessão falou sobre o sentimento em poder aprovar um direito tão importante aos profissionais da educação.

“Com certeza é um dia muito especial que vai ficar na história tanto para os professores, quanto para os vereadores. O nosso prefeito, Samuel Alencar, o vice Leonardo e a secretária Valdinara que tiveram a sensibilidade com os professores que tanto nos cobravam e agora encontramos a maneira correta de fazer o rateio desses professores”.

O advogado do município, Dr. Isaac Benevides, relatou como foi a caminhada até a aprovação dos precatórios e enfatizou que nas conversas em que teve com o prefeito, a prioridade sempre foi pagar primeiro a porcentagem referente aos profissionais da educação.

PUBLICIDADE

 

A professora Oleane definiu o momento como um marco na história da educação de São Julião e disse que os professores tiveram uma assistência jurídica esclarecedora durante todo o processo.

O vice-prefeito, Dr. Leonardo Rocha, em seu pronunciamento declarou que foi uma das sessões mais importantes em toda a história do município.

“Eu queria dizer que todos os assuntos debatidos aqui na Câmara, aprovados ou não, são de suma importância para o desenvolvimento do nosso município, mas creio que hoje nos mais de 60 anos de São Julião, esta é uma das principais sessões da Câmara. Principalmente pelo esforço do nosso prefeito os precatórios vão ser pagos com toda certeza, o direito é dos professores e o dever é da gestão e dos vereadores”, afirmou Leonardo.

O professor e ex-vereador Tarcílio Rocha (Tatá) se emocionou com a sessão e pontuou que a classe irá lutar por outras precatórias que ainda virão.

O Projeto de Lei que autoriza o pagamento foi aprovado pelos nove vereadores. Todos se pronunciaram na sessão parabenizando os professores pela conquista e se colocando sempre à disposição da classe.

Fotos

  •