15 de Outubro de 2021

Notícias

Campanha Junho Violeta alerta para o combate à violência contra a pessoa idosa em São Julião

Em alusão ao Dia Mundial da Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, a Prefeitura de São Julião, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, promoveu na noite desta última terça-feira, 15 de junho, uma Roda de Conversa Online, com o tema: “Dignidade e Respeito à Pessoa Idosa”.

A Roda de Conversa integra a programação que está sendo desenvolvida no município, referente à campanha alusiva ao “Junho Violeta”, mês dedicado à proteção e ao combate a todo ato de violência contra a pessoa idosa.

O encontro online teve como objetivo principal mobilizar e conscientizar a população sobre os diversos tipos de violência que acontecem cv contra a pessoa idosa.

Dessa forma, as pessoas puderam compreender sobre a importância da campanha; os sinais de alerta que o idoso apresenta quando está sendo vítima de alguma violência; os tipos de violência, quais sejam a Violência Física; Violência Psicológica; Violência Sexual; Abandono; Negligência; Violência Financeira ou econômica; Autonegligência; Violência Medicamentosa entre outros. Além de informar as redes de proteção ao idoso, e as formas de realizar denúncias.

A roda de conversa foi conduzida pelo capoterapeuta Denis Costa junto com a Secretária de Assistência Social, Thaise Moura Fontes e a Assistente Social, Jade Alencar. A transmissão foi realizada através das redes sociais oficiais da Prefeitura Municipal.

O bate-papo contou com a participação dos idosos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), e durante o encontro, ainda houve um momento especial reservado para a realização de atividade de Capoterapia Online.

Para o professor Denis Costa, a live rompeu barreiras e conseguiu alcançar um público bastante significativo.

A assistente social, Jade Alencar, abordou durante a live sobre o objetivo da campanha; a instituição da data; os índices de violência contra o idoso; os tipos de violência; os sinais de alerta de que o idoso está sendo vitima de violência; as redes de proteção ao idoso e como denunciar qualquer tipo de violência.

Em entrevista, Jade Alencar, falou sobre a realização da Campanha: “Estamos realizando uma campanha de mobilização, conscientização e enfrentamento a violência contra a pessoa idosa. Sabemos que infelizmente existe de fato a violência contra o idoso, por isso, há a necessidade identificar os casos, de incentivar a importância da denúncia, de fortalecer as redes de proteção, as leis que protegem o idoso, e crias novas estratégicas e políticas públicas voltadas ao fim da violência contra o idoso”, disse.

A primeira-dama e secretária de Assistência Social, Thaise Moura Fontes, falou sobre os trabalhos desenvolvidos pela pasta mesmo diante a pandemia.

“A Assistência Social com o apoio da Gestão Municipal promove ações direcionadas para todos os públicos assistidos pelo órgão, seja no CRAS, Serviço de Convivência, Criança Feliz, mas dentro do nosso contexto, direcionado para os idosos, trabalhamos mensalmente campanhas alusivas, datas comemorativas e realizamos encontros virtuais; as palestras; cursos de artesanato; danças; rodas de orações, entre outras atividades ainda permanecem paradas, mas se Deus quiser logo voltaremos a realizar. Para não deixarmos os idosos sem os serviços estamos desenvolvendo a nossa tão querida capoterapia itinerante, dessa forma, buscamos promover qualidade de vida, tirá-los do sedentarismo e levar alegria”, explica.

Thaise Moura Fontes, ainda informou que “o idoso que venha a sofrer qualquer tipo de violência pode recorrer ao poder público do município, ao CRAS, ou a algum dos nossos órgãos. Dessa forma, podemos dar voz a eles e garantir condições de vida apropriada. A Prefeitura, o Samuel, eu como secretária de Assistência Social também estou à inteira disposição, e não devemos esquecer-nos do Disque 100, a ligação é gratuita e anônima Procurem, denunciem, estamos sempre juntos com vocês. Os idosos merecem a nossa atenção e a nossa gratidão”.