29 de Janeiro de 2023

Notícias

Em nota, prefeito de São Julião esclarece aumento salarial de servidores

O prefeito de São Julião, Dr. Samuel Alencar, divulgou em suas redes sociais uma nota de esclarecimento sobre o aumento salarial de alguns servidores municipais.

Nesta quinta-feira (19), a Prefeitura anunciou em decreto o reajuste de quase 15% no salário dos professores de São Julião, seguindo a recomendação do Ministério da Educação.

Além do magistério, foi decretado o aumento dos salários dos cargos de secretário municipal, controlador geral, procurador geral, pregoeiro, vice-prefeito e prefeito.

Na nota, Samuel explica que o aumento se baseia na medida provisória do Governo Federal que aumentou o salário mínimo para R$ 1.302,00, portanto, segue dentro da legalidade e respeitando as determinações do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ele também aponta que o último reajuste dos secretários municipais foi feito no ano de 2013 e que por isso encontrava-se em defasagem.

LEIA A NOTA NA ÍNTEGRA:

PUBLICIDADE

 

Meus amigos de São Julião, venho aqui reestabelecer a verdade. Ainda hoje tivemos ciência de uma reportagem circulando tentando manchar o trabalho da nossa gestão.

Primeiramente, peço a todos que leiam os dois decretos que se encontram na referida matéria e verão que temos coisas bastante distintas do que foi noticiado. Em razão da Medida Provisória nº 1.143 do Governo Federal, que aumentou o Salário Mínimo Nacional, somos obrigados a seguí-lo e assim, cumprindo com a lei, reajustamos os salários de todos os servidores efetivos ou comissionados que possuem como vencimento básico o salário mínimo, passando a receber então o novo valor de R$ 1.302,00.

De igual modo, ocorreu o reajuste dos vencimentos dos ACSs e ACEs que tem como base o valor do salário mínimo nacional, o qual também será cumprido na nossa gestão.

Da mesma forma, considerando a defasagem dos vencimentos dos cargos de secretários que se encontram congelados desde o ano de 2013, e atendendo a reivindicação destes, revisamos os vencimentos dos cargos politicos, nos termos permitidos pelo TCE/PI, conforme orientado no Acordão nº 402/2020.
Ademais, reajustamos em quase 15% os vencimentos basicos dos professores, seguindo novamente o que a lei determina, meus amigos.

Tal reportagem apenas tenta apagar o trabalho de valorização aos servidores promovido por nossa gestão. E continuo reafirmando, aqui, o povo é o poder“.

PUBLICIDADE

 

VEJA A NOTA: