15 de Abril de 2024 ACESSIBILIDADE: A+ A-

Notícias

Educação de São Julião mobiliza população com ações do Busca Ativa Escolar

A fim de combater a evasão escolar e garantir assiduidade dos estudantes na rede municipal de ensino, a Prefeitura de São Julião através da Secretaria Municipal de Educação, realizou dutante os meses de janeiro e fevereiro, diversas ações de mobilização do Busca Ativa Escolar.

“O objetivo principal do Busca Ativa Escolar é resgatar os alunos que tiveram pouca ou nenhum frequência escolar, bem como efetuar matrículas novas de quem ainda não frequenta”, explicou a coordenadora do programa, Lourydânia da Silva e Sousa.

Para atingir tal objetivo, foi elaborado um plano de ação contendo as metas para o ano letivo de 2023.

Partindo para a ação do projeto, no dia 06 de fevereiro, a coordenadora Lourydânia da Silva, a secretária de Educação,Valdinara Rodrigues e a assistente social, Josyelle Maria, concederam uma entrevista na Rádio Nossa Senhora da Conceição e falaram do programa e a importância dele. No dia 11 de fevereiro, foi feito um trabalho de panfletagem pela cidade.

A equipe ainda fez a aplicação de questionários por meio dos Agentes Comunitários de Saúde e um levantamento com os diretores para que fossem identificadas e visitadas as famílias dos alunos que tiveram pouca ou nenhuma frequência escolar no ano de 2022.

“Fizemos e ainda estamos fazendo uma verdadeira mobilização em São Julião para conscientizar as famílias e alunos da importância de se manter na escola. Também trabalhamos para identificar os estudantes que tiveram histórico de evasão ano passado e assim trazê-los de volta para a sala de aula porque queremos garantir que todos os sãojuliãoenses tenham acesso a uma educação de qualidade”, destacou a secretária de Educação, Valdinara Rodrigues.

A Busca Ativa Escolar é uma estratégia composta por uma metodologia social e uma ferramenta tecnológica disponibilizadas gratuitamente para estados e municípios. Ela foi desenvolvida pelo UNICEF, em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e com apoio do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

Mas imagens: