02 de Dezembro de 2022

Notícias

Prefeitura desenvolve programa de aração de terras e beneficia 207 agricultores em mais de 2 mil tarefas

Contribuir para o fortalecimento da agricultura familiar, valorizar o agricultor (a), incentivar a produção rural do município e fomentar o incremento da renda dos produtores rurais. Este são alguns dos vários objetivos da Prefeitura de São Julião ao desenvolver o maior Programa de Aração de Terras da história da cidade da cal, do cobre e dos sonhos.

No total, 207 agricultores foram beneficiados com a ação que é coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Rural. O projeto iniciou no dia 10 de janeiro de 2022 e já realizou a aração de mais de 2 mil tarefas de terras espalhadas pela zona rural do município.

“Fizemos o cadastro dos agricultores ainda no ano passado para conhecer e identificar a necessidade e produção de cada localidade, podendo assim, buscar melhorias e formas de incentivar os produtores rurais. E com base nisto, identificamos a necessidade de fazer a aração de terras para incentivar a produção”, destacou a secretária Ana Célia.

A gestora explicou que três tratores mecanizados conduzidos pelos motoristas Xerim, Cicero e Luís, combustível e suporte aos pequenos agricultores são oferecidos pela Prefeitura. “A aração faz uma descompactação no solo para que o plantio seja mais adequado e exista uma maior produtividade por área e possibilita maior crescimento das raízes, garantindo um desenvolvimento melhor dos legumes. Esta ação acresce em até 30% a produção final do agricultor, uma vez que o plantio tende a ser mais bem-sucedido”.

O Portal Cidades Na Net acompanhou na semana passada a visita do prefeito Dr. Samuel Alencar e a secretária de Desenvolvimento Rural, Ana Célia, em duas propriedades que foram beneficiadas pelo programa de aração.

Na localidade Cercadinho, que fica a 5 km da sede do município, nos encontramos com o sr. João Francisco da Silva, 62 anos. Ele nos contou com emoção sobre o benefício recebido em sua propriedade. “Tinha umas máquinas do governo aí, mas essas máquinas nunca tinha chegado aqui para nós. E agora o prefeito Samuel e a Secretária Ana Célia aradaram aqui para mim 20 tarefas de terra”.

Emocionado durante a entrevista, seu João Piroca como é conhecido, ao lado dos filhos nos levou até a roça de feijão que está plantada e ele já fez a primeira limpa como é chamado na região. “Aqui se der tudo certo vamos tirar de 20 a 30 sacos de feijão. E ainda tem uma terra que também foi feita a aração que vou plantar mandioca e a previsão é tirar 40 sacos de goma e farinha no próximo ano”, disse.

Saímos da localidade Cercadinho e fomos até a localidade Lagoa Comprida, já na divisa do município de São Julião com Vila Nova do Piauí. Lá na propriedade de Francelino Joaquim da Silva, que tem 73 anos, conhecido como seu Tê, mais 20 tarefas de terra recebem a aração para o cultivo do Caju.

“É a 1.ª vez que vejo isto aqui em nós. É bom demais. Uma economia de quase R$ 2.000,00 se eu fosse pagar do bolso. Essa economia já serve para investimos em outras etapas da produção aqui do caju”, disse seu Tê, agradecendo ao prefeito Dr. Samuel e a secretária Ana Célia, pela importante iniciativa.

O prefeito Dr. Samuel acompanhou os trabalhos na propriedade de seu Tê e como agropecuarista até colocou a mão na massa e fez a aração de algumas tarefas de terra.

“O nordestino sofre com a estiagem para viver no nordeste. E enquanto prefeito temos o cuidado de melhorar a vida do homem do campo. Isso era uma ação do meu plano de governo que tenho a alegria de executar”.

PUBLICIDADE

 

O prefeito disse ainda que vai seguir fazendo o que for melhor para os agricultores, haja visto ser a maior fonte de renda e de sobrevivência do povo de São Julião e se colocou à disposição, destacando que vem novidades na área em breve.

“Com iniciativas deste tipo, a gestão municipal visa proporcionar condições favoráveis à produção agrícola das nossas principais culturas como mandioca, milho, feijão, caju, melancia e abóbora, por exemplo, além de impulsionar a produtividade, incrementar a receita dos nossos pequenos agricultores e consequentemente promover a melhoria do comércio local e renda na nossa cidade”, finalizou.

_Veja o vídeo: